Transplantes 1261
Quer ajudar?Faça uma doação!

Entenda como funciona o procedimento de diálise

Os rins possuem funções imprescindíveis para o bom funcionamento do organismo. São eles que eliminam substâncias tóxicas do corpo, controlam a acidez do sangue e equilibram a produção de hormônios. Quando perdem suas funções, causam fraqueza, falta de ar, anemia, vômitos, inchaço, entre outros desconfortos. Nessa situação, é preciso reproduzir o trabalho dos rins através da diálise.

A diálise é um tratamento que visa repor as funções dos rins no organismo. Para você entender melhor como funciona o procedimento, selecionamos uma animação produzida pelo Hospital Albert Einstein, em São Paulo. Clique na imagem abaixo para assistir ao vídeo:

Através da diálise, é possível reverter os sintomas provocados pela insuficiência renal e afastar o risco de vida dos pacientes.

Na Renal Vida, oferecemos os seguintes tratamentos:

Hemodiálise: é feita com a ajuda de um dialisador (capilar ou filtro). Durante o processo, parte do sangue é retirada do corpo e filtrada antes de retornar ao organismo do paciente. É um procedimento que precisa ser feito na clínica e requer sessões de três ou quatro horas (em média), três vezes por semana.

Diálise Peritoneal: o objetivo é o mesmo da hemodiálise – tirar o excesso de água e as substâncias que não são mais aproveitadas pelo corpo – mas aproveita o revestimento interior do abdome, chamado membrana peritoneal, para filtrar o sangue. Existem três subtipos:

Diálise Peritoneal Intermitente: é quando ocorrem intervalos entre as diálises, ou seja, quando não ocorre o processo dialítico por certo período de tempo. Geralmente, é realizada na clínica.

Diálise Peritoneal Ambulatorial Contínua: a diálise ocorre sem interrupção, durante 24 horas. Dessa forma, o abdome fica sempre preenchido pelo líquido de diálise. O paciente realiza as trocas de fluídos, manualmente, em casa.  

Diálise Peritoneal Automática: as trocas de fluídos são feitas por um dispositivo mecânico, a cicladora, que é previamente programada para realizar as trocas de acordo com as necessidades de cada paciente. Também pode ser feita em casa.

 

Preserve seus rins: verifique sua pressão arterial e tome seus medicamentos.

 

Fotos