Transplantes 1329
Quer ajudar?Faça uma doação!

Hemodiálise: saiba como prevenir as dores de cabeça

A cefaleia (ou dor de cabeça) é uma das queixas mais comuns em pacientes submetidos à hemodiálise, especialmente durante ou logo após o tratamento. Apesar de não existirem estudos que comprovem as causas dessas dores, médicos acreditam que alguns fatores podem desencadear as crises, entre eles: hipertensão arterial, hipotensão arterial, alta ingestão de sódio (sal) e até mesmo uma possível hipomagnesemia (baixo índice de magnésio no sangue).

Para tentar prevenir as cefaleias, o primeiro passo é conversar com o nefrologista e tentar identificar o problema.

Depois, é hora de ficar de olho na pressão arterial e controlá-la. Com a pressão em ordem, verifique seu peso. Estar de briga com a balança e, ao mesmo tempo, retirar o excesso de líquidos do organismo em curtos períodos (como durante a hemodiálise), pode resultar em hipotensão e dores de cabeça.

Se esse não for o seu caso, o próximo passo é conversar com o nutricionista e revisar a dieta, que pode estar desequilibrada, e reduzir o consumo exagerado de sal ou potássio.

Seu médico pode ainda solicitar alguns exames mais detalhados para tentar encontrar a causa das cefaleias. Por isso, é importante comunicar o enfermeiro de plantão, seu médico ou o nutricionista sobre o aparecimento de dores de cabeça. Nunca deixe de comunicar qualquer desconforto aos especialistas que acompanham seu tratamento. Eles estão ao seu lado justamente para lhe ajudar a receber o melhor tratamento possível.

A Renal Vida atende a centenas de pacientes renais através de diálise e acompanhamento ambulatorial, nutricional, psicológico e social. Para que possamos continuar nosso trabalho, no entanto, dependemos de ações de voluntários e da sua ajuda. Para contribuir com a associação, acesse nosso site e clique em "Faça uma doação". A Renal Vida agradece.

Fotos