Transplantes 1261
Quer ajudar?Faça uma doação!

Pacientes em hemodiálise podem viajar sem comprometer o tratamento

Pacientes em hemodiálise também podem curtir suas férias com uma merecida viagem. Mas, para que o tratamento não seja comprometido, é preciso começar a planejar o passeio com antecedência, de preferência, um mês antes de pegar a estrada. E, ainda assim, é preciso flexibilidade com as datas. 

Quando decidir viajar, o deficiente renal em tratamento deve entrar em contato com a unidade da Renal Vida em que recebe assistência para dar início ao processo de agendamento de sessões em uma clínica localizada na cidade de destino ou nas proximidades.  

Para isso, será necessário apresentar seu histórico médico, nome, endereço e informações pessoais (onde estará hospedado, telefone, idade, etc.), prescrição de medicamentos, tipo de tratamento recebido, resultados laboratoriais recentes e outros dados que a clínica receptora poderá solicitar para garantir tratamento adequado. 

Como se trata de um procedimento complexo, o paciente nunca deve agendar uma sessão de hemodiálise em outra clínica ou viagem, sem antes consultar seu nefrologista. É ele que irá orientar a equipe médica da unidade de destino sobre como proceder com o tratamento. 

Viagens de emergência, por questões familiares ou médicas, também devem ser comunicadas à equipe da Renal Vida, que dará todo o suporte necessário para que o passeio seja tranquilo e não comprometa a saúde do paciente renal. 

Renal Vida 

Para mais informações sobre doenças renais e seus tratamentos, acesse nosso site. Você também pode fazer sua contribuição online através de nossa página (clique aqui). 

 

Fotos