Transplantes 1261
Quer ajudar?Faça uma doação!

Dicas para a Ceia de Natal do deficiente renal crônico

Quem disse que o deficiente renal crônico não pode ter um Natal como qualquer outra pessoa e aproveitar as delícias da tradicional culinária de final de ano? O segredo para uma Ceia saudável aos pacientes com insuficiência renal é a moderação. Sem exageros, qualquer pessoa pode curtir as festas sem comprometer a saúde.

Por isso, para você permanecer na dieta e não comprometer o tratamento, nossa nutricionista, Iara Domar preparou algumas dicas. Confira:

Peru recheado: tomando adequadamente o quelante (pozinho ou renagel) sua porção de proteína do jantar está garantida, porém, evite o recheio feito de miúdos - ele é muito rico em fósforo!

Chocolate, nozes, castanhas, amendoins: conhecidos símbolos natalinos, recebem sinal vermelho para o paciente renal crônico. Ricos em fósforo e potássio, devem ser evitados ao máximo!

Arroz: um arroz bem feito, caprichado no alho e econômico no sal, é uma delícia e não pode faltar na mesa! Pobre em fósforo, ele fica muito bem acompanhando qualquer prato.

Panetone: símbolo do Natal, o panetone nasceu de uma história de amor. Um jovem apaixonado conquistou a confiança do sogro padeiro criando uma iguaria delicada e saborosa para a sua amada. As frutas cristalizadas, que fazem parte desta romântica receita, são fontes de potássio, ou seja, devem ser apreciadas com moderação pelo renal crônico!

 

Colabore com o tratamento dos pacientes renais crônicos do Vale do Itajaí. Clique aqui e faça uma doação online.

Fotos