Transplantes 1261
Quer ajudar?Faça uma doação!

Alimentos de verão: aprenda a escolher

A alimentação do deficiente renal deve ser baseada em uma dieta pobre em fósforo, sal e líquidos, a fim de garantir o bom andamento do tratamento e a melhora do quadro clínico do paciente.  

Assim, alguns petiscos típicos do verão e do litoral  devem ser evitados. São eles: camarão no palito, lula à milanesa, mariscos no vinagrete, sardinha frita e outros pratos fritos. Além de conterem muito sal, eles são riquíssimos em fósforo e podem, com isso, aumentar a ureia em seu exame!  

Cerveja, bebidas destiladas, caipirinha e coquetéis de frutas podem causar alterações de pressão, acúmulo de fósforo e de líquidos, além de serem incompatíveis com a medicação que você pode estar utilizando. Hemodiálise e bebida alcoólica não combinam! Por isso, não ingira bebidas alcólicas.  

Mas existem outros alimentos que estão liberados ao deficiente renal. Conheça alguns: peixes (merluza, pescada, linguado) grelhados na quantidade correta, acompanhados de arroz ao alho, salada fresca, pirão ou farofa são uma delícia e saudáveis. 

Peixe grelhado (pacú), prato típico de Manaus

Água, guaraná e sucos diluídos também podem ser consumidos!  Lembre-se apenas de verificar quanto você urina por dia para saber o quanto pode beber em líquidos. 

Sempre que tiver dúvidas, procure a equipe médica e nutricionistas da Renal Vida. Eles poderam lhe orientar sobre os melhores alimentos a serem consumidos durante seu tratamento.

 

 

Contribua com o atendimento ao paciente renal da região através de nosso site www.renalvida.org.br.