Transplantes 1329
Quer ajudar?Faça uma doação!

Cuidado com os analgésicos!

Analgésicos, comprados sem prescrição médica nas farmácias brasileiras, devem ser ingeridos com cuidado, especialmente pelo paciente renal crônico. Esses medicamentos, que combatem dores de cabeça, reduzem a febre e aliviam as dores em geral, podem ter efeitos colaterais perigosos, inclusive para os rins. 
 

 

Os analgésicos não-esteroides, como aspirina, paracetamol e ibuprufeno, provocam a retenção de líquidos, o aumento da pressão arterial e produzem efeito colateral sobre a digestão. 
 
Os pacientes com insuficiência renal não devem tomar certos tipos de analgésicos e anti-inflamatórios, uma vezes que esses remédios reduzem a corrente sanguínea para os rins. 

Elevadas doses de medicamentos analgésicos e um consumo a longo-prazo também pode danificar os rins, mesmo os saudáveis. Por isso, devem ser tomados sob supervisão médica (em caso de pacientes renais, especificamente) e não devem ultrapassar a dose recomendada. 

Como podem causar dependência, esses medicamentos devem ser usados pelo menor período de tempo possível.